Saque FGTS inativo 2017 – Veja se você tem direito a receber

Saque FGTS inativo 2017 – Governo liberou para saque FGTS inativo, veja quem tem direito a receber

Saque FGTS Inativo 2017 – Fundo de garantia do tempo de serviço

Saque FGTS inativo 2017

Saque FGTS inativo 2017

Quem pode sacar o dinheiro do FGTS?

Todos os trabalhadores com carteira assinada, que por algum motivo pediram demissão ou até mesmo acabaram sendo demitidos até o dia 31 de dezembro de 2016, e ainda possuam algum dinheiro acumulado em sua conta do FGTS inerentes a esses contratos de trabalho.

Significa dizer que todo o dinheiro acumulado no fundo poderá ser retirado pelo trabalhador no ano seguinte, menos os de trabalho com carteira assinada atualmente e o relacionado a contratos de trabalho em que o trabalhador pediu demissão ou eventualmente foi demitido durante 2017.

Mudou! Recentemente tivemos mudança no saque do FGTS, o dinheiro acumulado nestas contas podia ser sacado apenas quando o trabalhador se aposentasse, ou para amortizar os valores no financiamento da casa própria, também em casos onde o trabalhador ficava até três anos sem conseguir voltar ao mercado de trabalho novamente.

O que é uma conta FGTS inativa?

Sua conta do fundo de garantia será considerada inativa quando deixar de receber os depósitos mensais feitos pela empresa onde você trabalha. Ou seja, ela se torna inativa a partir do momento em que o contrato de trabalho é encerrado, seja por demissão ou até mesmo se o trabalhador pediu as contas.

Esses recursos acumulados nas contas inativas estão na grande maioria das vezes relacionados a contratos de trabalho de empresas nas quais o trabalhador pediu demissão.

Fato esse que acontece quando o trabalhador é demitido e ele tem direito a sacar o dinheiro acumulado no fundo relativo ao contrato daquele determinado emprego, com o valor adicional da multa, que representa 40% do valor acumulado ao longo do contrato no momento da demissão do trabalhador.

Sendo assim, você trabalhador poderá ter mais do que uma conta inativa de FGTS, visto que cada contrato de trabalho gera uma conta específica no FGTS. Se você saiu de uma empresa e voltou a trabalhar nela depois de um tempo, então automaticamente será gerada outra conta inativa e você duas contas relacionadas à esta mesma empresa no FGTS, não são cumulativas.

O que fazer para receber o dinheiro do FGTS?
Saque FGTS inativo 2017 depende da autorização de cada trabalhador, porém, essa autorização apenas pode ser dada quando todas as regras para o saque forem divulgadas. Por enquanto resta ao trabalhador aguardar o anúncio, estaremos divulgando aqui em primeira mão.

Não há nada certo ainda, mas prevê-se que o cronograma de saques seja divulgado em fevereiro deste ano. Visto que já sabemos que ele deverá seguir o mês de aniversário de cada trabalhador para não sobrecarregar as agências da Caixa, administradora dos recursos acumulados no fundo de garantia.

Significa dizer que quem faz aniversário em maio poderá sacar o dinheiro a partir deste mês, mas ainda é necessário confirmação oficial.

Terá alguma limitação no saque do FGTS?

Apesar de inicialmente ter sido divulgada a possibilidade de que o governo iria limitar em R$ 1.000,00 reais os recursos que poderiam ser sacados, isso não se concretizou no anúncio desta quinta-feira, então a resposta para esse questão é NÃO. Sendo assim, o trabalhador poderá sacar todo o dinheiro que tiver acumulado em contas inativas do FGTS até 31 de dezembro de 2015.

Se você saiu de uma empresa há muitos anos também tem direito a sacar o dinheiro, desde que tenha dinheiro na conta inativa relacionada a esse contrato de trabalho, evidentemente.

Veja como consultar o saldo FGTS para ver quando poderá sacar no ano que vem

Você pode consultar o saldo em contas inativas do FGTS 2017 pelo site da Caixa e pelo aplicativo do FGTS para celular. Basta inserir o número do PIS e a senha, que pode ser cadastrada no próprio site do banco, para ter acesso às informações.

Extratos das contas também podem ser consultados pelo autoatendimento e agências da Caixa, mesmo que o trabalhador não seja cliente do banco. Para tal, será preciso apresentar o Cartão Cidadão, onde são depositados os recursos relacionados a benefícios sociais, como o FGTS e o seguro-desemprego de cada cidadão.

Se não tiver o cartão, poderá fazer o pedido pelo telefone 0800-726-0207 ou em agências da Caixa munido do número do PIS -Programa de Integração Social e do PASEP – Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público.

Algumas informações sobre a consulta saldo FGTS:

Se você já fez um saque do dinheiro acumulado no FGTS ainda terá direito de sacar desde que ainda haja saldo nas contas inativas até 31 de dezembro de 2015.

Importante salientar que agora você pode usar os recursos para qualquer finalidade, diferente de como era antes.

Vale a pena sacar o valor acumulado no fundo visto que a rentabilidade do FGTS é baixa em comparação a outros investimentos conservadores, como os de uma conta poupança, por exemplo, mesmo com o recente reajuste de rendimentos.

Mande a vaga para um amigo!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Publicidade:

Comentários

  1. Por Maria Helena Leite Borges

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *